Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Rehder, Vera Lucia Garcia
Título: Viabilidade de Obtenção de Blocos Quirais a Partir do Lanosterol e Estudo Fitoquímico da Baccharis eleagnoides Stend
Ano: 1991
Orientadora: Profa. Dra. Anita Jocelyne Marsaioli
Departamento: Química Orgânica
Palavras-chave: --
Resumo: O trabalho desenvolvido foi dividido em duas partes distintas. Na primeira parte estudamos a viabilidade do acesso a blocos quirais do tipo cicloexânico e ciclopentânico polifuncionalizados a partir do lanosterol 1. A estratégia inicialmente proposta para clivagem de 1 visava formar intermediários do tipo 8,9-seco-lanostanos 5, 50, 54 e 58 contendo em suas estruturas anéis de dez membros. Dentro desta filosofia foram testadas várias rotas sintéticas as quais levaram à formação de sete derivados inéditos, sendo cinco deles da série 8,9-seco-lanostanos, ou seja, 38, 48, 50, 53 e 54 e dois derivados tetra e pentacíclicos 37 e 57, cujas estruturas foram determinadas espectroscopicamente. Destacamos que nesta fase foi feito um estudo de Raio-X e testes farmacológicos para os derivados 5, 37, 57 e 61, levando à descoberta da atividade antitrombótica de 57. Essa estratégia foi abandonada, pois esses intermediários eram extremamente susceptíveis à reações transanulares. A segunda estratégia envolveu a clivagem inicial do anel B, evitando assim a formação de intermediários com anéis de dez membros. Esta proposta embora não fornecesse os produtos finais desejados, permitiu a obtenção de tres derivados inéditos do tipo seco-lanostanos 65, 70 e 72. A ausência de dados espectroscópicos acurados sobre os seco-lanostanos, motivou-nos a iniciar um estudo espectroscópico de RMN H e C, bidimensionais utilizando as sequências de pulsos do tipo HETCOR (CxH) e COSY (HxH) que permitiram a atribuição dos deslocamentos químicos dos prótons e carbonos dos derivados 5 e 58. O estudo fitoquímico da Baccharis elegnoides levou ao isolamento e elucidação estrutural de cinco poliacetilenos 136a, 136b, 100c, 103 e 127 dos quais 136b e 127 são inéditos. Também foi isolado o óxido de Baccharis 6.
Abstract: In the first part of our thesis we describe our efforts to cleave lanosterol 1 into polifunctionalized cyclopentane and cyclohexane chiral building blocks. The first strategy envolved the 8,9-seco-lanostane 5, 50, 54 and 58 intermediates. Several tactics were applied in the search of the optimum route to the chiral building block which led to the synthesis of seven nonreported 8,9-seco-lanostane derivatives (38, 48, 50, 53 and 54) and to tetra and pentacyclic lanostane derivatives 37 and 57. Although the structures were determined spectroscopically, in some instances (5, 37, 57, 61) X-ray diffraction was the ultimate word to determine the structure, configuration and conformation in the solid state. Additionally the compound 57 revealed an interesting antithrombotic activity. This strategy had to be changed because, these intermediates showed a strong trend to undergo transannular reactions. The second strategy avoided ten membered ring intermediates by first cleaving ring B. Although this second approach did not furnish the desired blocks we could synthesize three novel seco-lanostane derivatives (65, 70, and 72). The lack of accurate spectroscopic data on seco-lanostane led us to initiate with 5 and 58 a detailed study on these derivatives envolving 2D homonuclear and heteronuclear spectroscopic correlations. The second part of our work envolves the phytochemical study of Baccharis elegnoides which led to the isolation and structure elucidation of 5 polyacetylenes 136a, 136b, 100c, 103 and 127 and the triterpene Baccharis oxide 6 compounds. 136b e 127 have not been mentioned in the literature before.
Arquivo (Texto Completo): vtls000028860.pdf ( tamanho: 27,1MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
2012-2014 BIQ