Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autor: Miquelino, Fernando Luís de Castro
Título: Comportamento Fotoeletroquímico da Polianilina
Ano: 1991
Orientador: Prof. Dr. Marco-Aurelio De Paoli
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: --
Resumo: Este trabalho é dedicado ao estudo do comportamento fotoeletroquímico da polianilina, quando em contato com meios eletrolíticos orgânico e aquosos. O fenômeno foi tratado utilizando-se as técnicas de Voltametria Cíclica e Cronoamperometria de filmes finos, sob incidência de luz pulsada. Estudou-se os efeitos de diversas variáveis: natureza e concentração da solução eletrolítica, faixa de potenciais de trabalho, método de síntese da polianilina, natureza do eletrodo de trabalho e comprimento de onda da luz incidente. Um modelo de barreira foi proposto para explicação do fenômeno, visando justificar a intensidade e sinal da fotocorrente eletroquímica da polianilina com vistas à teoria tradicional de semicondutores e teorias atuais de condutividade e mobilidade de cargas em polímeros condutores. Filmes preparados tanto eletroquímica como quimicamente apresentaram fotocorrentes eletroquímicas na ordem de décimos das intensidades apresentadas por semicondutores inorgânicos comerciais (20 mA) na faixa de maior intensidade e estabilidade do polímero, isto é, na região de oxidação da forma esmeraldina, entre 0.3 e 0.5 V (Vs.Ag/Ag10M). Esta é a faixa de potenciais onde se verifica a principal eletroatividade do polímero. Experimentos foram conduzidos em meios inorgânicos (HClO4 e NH4F.2,3HF) e meio orgânico (LiCIO4/acetonitrila). A polianilina mostrou fotocorrente eletroquímica de maior intensidade e estabilidade em meio orgânico, comportando-se como semicondutor do tipo-p e, respondendo a pulsos luminosos na região do infravermelho.
Abstract: The photoelectrochemical behavior of poly(aniline) was studied when in contact with organic and aqueous electrolitical solutions. Using cyclic voltametry and cronoamperometry of thin polymer films, exposed to pulsed polychromatic light, the fast photocurrent was analysed in function of nature and concentration of the electrolitical solution, potential range, method of synthesis, nature of work electrode and wavelenght. A junction semiconductor model was proposed to explain this photoelectrochemical behavior of the poly(aniline). Chemically or Electrochemically prepared poly(aniline) films showed fast electrochemical photocurrent which is similar to photodiode inorganic type-p semiconductors systems.
Arquivo (Texto Completo): vtls000035454.pdf ( tamanho: 2,86MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ