Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Rebouças, Lucia Maria Cunha
Título: Ácidos Naftênicos e Petróleos do Campo Albacora, Bacia de Campos e Síntese de Biomarcadores
Ano: 1992
Orientadora: Profa. Dra. Anita Jocelyne Marsaioli
Departamento: Química Orgânica
Palavras-chave: -
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo o estudo de ácidos naftênicos de petróleos e síntese de biomarcadores. Estudamos quatro petróleos A, B, C e D, sendo o petróleo A em fase de comercialização, o qual foi utilizado como treinamento nas técnicas de isolamento e detecção de biomarcadores. Detectamos, por CG/EM, a presença de 24 classes de compostos, normalmente utilizados como parâmetros geológicos para determinar origem, maturação e biodegradação do petróleo. Dentro destas classes, detectamos quatro classes de ácidos carboxílicos inéditas como biomarcadores ácidos em petróleo, as quais podem ser descritas como: a) de idados oxidados do b-carotano (função carboxílica do anel cicloexânico), caracterizadas pelos íons m/z 112 e m/z 126, dos seus respectivos hidrocarbonetos deuterados (encontrados no petróleo C); b) terpanos bicíclicos do tipo labdanos, norlabdanos e homodrimanos com grupo carboxílico em C8, que apresentam íons característicos m/z 123 (petróleo D e C), terpano bicíclico do tipo rearranjado com grupo carboxílico em C14 com íon característico em m/z 191 (petróleo C). A identificação destes compostos foi feita com base na interpretação dos espectros de massas. Dos petróleos estudados, o petróleo C apresenta o maior número de biomarcadores ácidos inéditos, o que nos leva a sugerir um grau de biodegradação distinto de B e D ou uma nova rocha geradora. Sintetizamos 20 compostos, dos quais cinco são citados na literatura como biomarcadores, dentre eles 36 e 62 foram detectatados nos petróleos A, B, C e D. Quatro compostos foram sintetizados pela primeira vez 44, 50, 53 e 54 e detectamos no petróleo D, homólogos dos compostos 44 e 50.
Abstract: The present work describes the study of the naphthenic acid composition of four crude oils (A, B, C and D) and the synthesis of biomarkers. The oil A was taken as an introduction to the isolation and identification of biomarkers. From the crude oils B, C and D, showing different degrees of biodegradation, we have detected by CG/MS a total of twenty four different biomarker classes, that are usually found in petroleum. Four of these are new as carboxylic acid biomarkers in petroleum: 1. monocylcic acids like trimethyciclohexane (characteristic ion m/z 126 in the deuteriated fraction) and dimethycyclohexane (characteristic ion m/z 112, deuteriated fraction) from petroleum C; 2. bicyclic terpanes like drimane C15, labdane C20 and norlabdane C19 with the carboxyl group at C8 (characteristic ion m/z 123, deuteriated fraction) petroleums C and D; 3. bicyclic terpanes like rearranged labdane C20 with the carboxyl group at the C14 (characteristic ion m/z 191, ester fraction) petroleum C. The major tooI for structural elucidation was the mass spectra of esters and hydrocarbons of these acids. Since petroIeum C showed the highest number of new acid biomarker classes, we suggest that this petroleum has a different degree of biodegradation or different rock source. Twenty compounds were synthetized during this work: five of these have already been mentioned in the literature as biomarkers, 36 and 62 were detected in petroleums A, B, C and D. Four of these were synthetized for the first time: 44, 50,53 and 54 but only the homologs of compounds 44 and 50 were detected in petroIeum D.
Arquivo (Texto Completo): vtls000049088.pdf ( tamanho: 12,7MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ