Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Franchetti, Sandra Mara Martins
Título: Estudo de Relaxações em Polímeros e Blendas Poliméricas através de uma Sonda Fluorescente
Ano: 1992
Orientadora: Profa. Dra. Teresa Dib Zambon Atvars
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: -
Resumo: Uma sonda fluorescente (antraceno) foi utilizada para investigar certas relaxações em alguns polímeros orgânicos e blendas poliméricas. Foram empregadas as seguintes matrizes poliméricas: polietileno (PE) de alta e de baixa densidades e poli (cloreto de vinila) de alta e de baixa massas molares e as blendas de PE e de PVC/PE em diferentes composições. O estudo da emissão do antraceno em função da temperatura permitiu que se determinasse faixas de temperatura que foram atribuídas à relaxação b do polietileno. O mecanismo molecular desta relaxação envolve movimentos curtos da macromoléculas nas regiões interfaciais do polímero (Amorfa/cristalina). A temperatura (Tb = -40°C) determinada para a relaxação b do PE é independente da massa molar e da história térmica das blendas do PE. Também, foram determinadas as faixas de temperaturas atribuídas à relaxação b do poli (cloreto de vinila), Tb = -60°C devida à movimentos de pequenos segmentos da cadeia principal (5 a 7 CH2 ), em regiões interfaciais. No caso das blendas de PVC/PE a relaxação obtida foi atribuída à relaxação b do polietileno (Tb = -40°C), devida a segmentos curtos da cadeia em regiões interfaciais (cristalina de PE/amorfa de PVC e PE).
Abstract: A fluorescent probe (anthracene) was used to study some relaxations in organic polymers and polymeric blends. The following polymeric matrices were studied: low and high density polyethylene and low and high molecular weights (PVC), as well as their blends, in differents proportions. The dependence of the anthracene fluorescence on the temperature allowed us to determine the temperature of the relaxation-b of polyethylene. The molecular mechanism of the b-relaxation involves motion of small segments of the macromolecules in the interfacial regions of the polymer (amorphous/crystalline interphase). The temperature (Tb = -40ºC) determined for the b-relaxation of PE is independent of the molecular weight and thermal history of the bIends. It has also been determined by the same method the temperature of the b-relaxation of poly (vinyl chloride) and some blends. The temperature is observed at Tb ~ -60°C and this relaxation is assigned to the motions of small segments (5 to 7 methylene units) located at the interfacial region of the matrix. In blends of (PVC/PE) the relaxations obtained were assigned to polyethylene b-relaxation (Tb = -40°C), caused by small segments in the interfacial regions (PE crystalline/PVC and PE-amorphous).
Arquivo (Texto Completo): vtls000050956.pdf ( tamanho: 8,24MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ