Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Nascimento, Idelazil Cristina do
Título: Aplicação do Modelo de Misturas em Química
Ano: 1995
Orientador: Prof. Dr. Roy Edward Bruns
Coorientadora: Profa. Dra. Suzana P. Nunes
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: --
Resumo: A importância da aplicação de modelos estatísticos para o estudo de misturas, principalmente o modelo cúbico completo, à dados químicos é analisada. O programa computacional MIXREG foi modificado para cálculos dos parâmetros do referido modelo. Para se testar a viabilidade desse modelo foram escolhidas as propriedades energia e tensão de ruptura para as blendas poliméricas poli(metacrilato de metila) - PMMA/ poli(fluoreto de vinilideno) - PVDF/ poliestireno - PS, poli(metacrilato de butila) - PBMA/PVDF/PS e poli(metacrilato de etila) - PEMA/PVDF/PS. Observou-se que o modelo cúbico completo se mostrou satisfatório para os sistemas PMMA/PVDF/PS e PBMA/PVDF/PS, ao contrário do que ocorreu com o sistema PEMA/PVDF/PS. Os maiores efeitos sinérgicos foram observados para as blendas PMMA e PEMA com PVDF. O polímero PBMA apresentou uma interação sinérgica com PS. O PS possui efeitos antagonísticos com PMMA, PEMA e PVDF. enquanto que o PBMA os tem com PVDF. Esses comportamentos podem ser explicados baseando-se na miscibilidade entre os polímeros. Os metacrilatos PMMA e PEMA são muito miscíveis em PVDF, o mesmo não ocorrendo com o polímero PBMA. Neste caso a maior miscibilidade se dá com o poliestireno. A partir dos parâmetros dos modelos é possível compreender melhor as interações entre os componentes da mistura. Aplicou-se os modelos estatísticos de misturas, de forma exploratória, as intensidade de absorção de espectros de infravermelho para misturas de xilenos. Numa primeira aproximação o modelo linear consegue reproduzir de forma satisfatória os espectros dos componentes puros.
Abstract: Energy at break and tension stress at break response values were measured for different mixtures of three ternary polymer blend systems: PMMA (poly(methyl methacrylate)/PVDF(poly vinilidene fluoride)/PS (polystyrene), PBMA (poly(butyl methacrylate))/PVDF/PS and PEMA (poly(ethyl methacrylate))/PVDF/PS. Complete cubic models were capable of accurately describing the response values for the systems with PMMA and PBMA. Significant synergic effects were observed for PMMA and PEMA with PVDF and for PBMA with PS. Antagonistic interactions were quantified for PMMA, PEMA and PVDF with PS and for PBMA with PVDF. The synergic effects exist for miscible polymers whereas immiscible pairs show antagonistic interactions. The modeI parameters lead to a more quantitative understanding of the interactions between the components of these polymer blends. Statistical models were applied to intensities of the IR spectra of xylenes. At the first approximation the pure component spectra were reproduced by the linear model.
Arquivo (Texto Completo): vtls000086908.pdf ( tamanho: 4,65MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ