Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Sotomayor, María Del Pilar Taboada
Título: Estudo e Desenvolvimento de Optodo para Medidas de pH, Baseado em Poli(Orto-Anisidina)
Ano: 1996
Orientador: Prof. Dr. Walace Alves de Oliveira
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Optodo, Polímero condutor, Fibra ótica
Resumo: Este trabalho descreve o desenvolvimento de sensores ópticos, capazes de medir valores de pH, baseado na reflectância difusa de um polímero condutor, na região visível do espectro eletromagnético. O material sensível ao pH, foi o polímero condutor poli(orto-anisidina) dopado com o ácido para toluenossulfônico (PoAnis/TSA), imobilizado num suporte polimérico. Dois optodos para pH foram desenvolvidos. O primeiro optodo utilizou um arranjo de feixe bifurcado de fibras ópticas de borosilicato, onde a fase sensora consiste de uma blenda polimérica formada por PoAnis/TSA e acetato de celulose a qual foi fixada mecanicamente na extremidade do feixe. O sensor obtido desta maneira apresentou uma faixa de resposta de pH 4,9 a 10,5, com uma precisão de ± 0,01 unidades de pH e um tempo de vida de mais de 9 meses. A resposta do sensor foi dependente da força iônica da solução testada e do eletrólito suporte usado no ajuste da força iônica. O segundo optodo consiste de dois cabos de fibra óptica de plástico de 1,0 mm de diâmetro total (sem a capa), colocados num adaptador de acrílico especialmente construído para manter as fibras numa posição fixa. Neste optodo, um fino filme de PoAnis/TSA foi depositado sobre a superfície de polietileno de alta densidade, para se obter a fase sensora do optado, a qual foi fixada mecanicamente no adaptador que continha os dois cabos de fibra única. O sensor assim construído, atingiu uma faixa de resposta de pH 2,0 a 10,0, apresentando relativamente maior rapidez de resposta. O tempo de resposta dos optodos para variação do 90% do sinal foi de 5,0 minutos.
Abstract: This dissertation describes the development of an optical sensor for the measurement of pH. The sensor works by measuring the diffuse reflectance of a conducting polymer, in the visible range of the spectrum. The pH sensitive material was poly-o-methoxyaniline doped by para-toluene sulfonic acid (PoAnis/TSA), which was immobilized either on or within a polymeric estructure. Two optodes were developed. The first optode was assembled using a bifurcated bundle of borosilicate optical fibers. The sensing phase was a polimeric composite made of PoAnis/TSA and cellulose acetate, and was fixed at the common end of the bifurcated bundle. This optode allowed measurements in the pH range trom 4,9 to 10,5 with a precision of ± 0,01 pH. The lifetime of this sensor was more than 9 months. The sensor response depended on the ionic strength of the solution and on the supporting electrolyte used to adjust the ionic strength. The second optode was built using two cables of optical fibers, each one having a single plastic fibre with 1,0 mm diameter. The two cables were fixed in a perspex block, together with the pH sensitive layer. The sensing phase of this optade consisted of a film of PoAnis/TSA polyethylene. This optode yielded measurements in a working range form pH 2,0 to 10,0, and with relatively faster response times. For both optodes, the response time for 90% change was 5,0 minutes.
Arquivo (Texto Completo): vtls000102779.pdf ( tamanho: 6,20MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ