Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Milagres, Benjamin Gonçalves
Título: Desenvolvimento de Biossensores para Determinação de Salicilato e Glicose
Ano: 1996
Orientador: Prof. Dr. Graciliano de Oliveira Neto
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Biossensor, Salicilato, Glicose
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo desenvolver novas técnicas para construção de biossensores. Inicialmente, desenvolveu-se um biossensor para determinação de salicilato em fármacos, após apropriada hidrólise da amostra e sua conveniente diluição. Utilizou-se a eletropolimerização para obtenção de filme de polipirrol, dopado com hexacianoferrato, sobre o qual colocou-se o glutaraldeído, como reagente de ligação cruzada para imobilização da enzirna salicilato hidroxilase ( EC. 1.14.13.1. ). Os dois filmes foram suportados sobre a superfície de um eletrodo de carbono vítreo, cerca de 20mm de área. A faixa linear de resposta amperométrica para salicilato foi entre 10 e 130 mmol L, a um potencial aplicado de 150 mV vs ECS. O tempo de resposta foi de quarenta segundos. Uma boa correlação de resultados foi verificada entre aqueles obtidos com o biossensor e o método colorimétrico padrão. O estudo foi realizado com diferentes amostras de fármacos comumente usados como antitérmicos. Desenvolveu-se, em seguida, um biossensor para glicose, tendo como objetivo sua utilização em determinações de glicose em amostras de soro sangüíneo. Para tal, construiu-se um eletrodo de pasta de carbono modificado, com o mediador ácido ferroceno monocarboxílico e a enzima glicose oxidase (EC 1.1.3.4 ) imobilizados em sílica gel enxertada com TiO2. A faixa linear de resposta amperométrica do biossensor para glicose foi entre 1,0x10 a 7,0x10 mol L,a um potencial aplicado de 340mV vs ECS. O tempo de resposta do biossensor foi de 15 segundos. A determinação de glicose em soro sangüíneo mostrou excelente correlação com o método do "KIT" comercializado pela Merck. O material contendo a enzima imobilizada apresentou uma ótima estabilidade, mantendo a atividade enzimática, por no mínimo, seis meses.
Abstract: The objective of this work was develop new techniques for biosensors construction. First of alI a biosensor for salicylate determination in drugs, after appropriate hydrolysis and dilution, was developed. A polypirrol film, obtained by electropolimerization dopped with hexacyanoferrate over which, a film of glutaraldehyde was added for enzyme salicylate hidroxylase ( EC 1.14.13.1 ), immobilization. Both films were supported on carbon glassy electrode surface, approximately 20mm. The biosensor showed a linear range of response for salicylate between 10 and 130 mmol L, at 150 mV vs SCE. The response time was 40 seconds. It was found a good correlation for the results obtained by the biosensor and standard colorimetric rnethod, in the assay of differents samples or antithermic drugs. In a second step, a biosensor for glucose determination, in samples of blood serum, was developed. For that, a modified carbon paste electrode was built, by using the glucose oxidase ( EC.1.1.3.4 )and ferrocene monocarboxylic acid, immobilized on silica gel-TiO2. The biosensor showed a linear range of response between 1.0x10 and 7.0x10 moI L, applying a potential of 340 mV vs SCE. The reponse time was 15 seconds. The determination of glucose in blood serum using the biosensor, showed a good correlation with the Merck "Kit" method. The immobilized enzyme showed an excellent stability, keeping its activity for at least six months.
Arquivo (Texto Completo): vtls000104094.pdf ( tamanho: 2,55MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ