Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Silva, Sílvia Lucas Ferreira da
Título: Estudo do Efeito de Aditivos Macrocíclicos Éteres Coroa e Ciclodextrinas na Termodinâmica de Micelização do SDS
Ano: 1998
Orientador: Prof. Dr. Pedro Luiz Onófrio Volpe
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Surfatante, Micelas, Concentração micelar crítica
Resumo: Neste trabalho estudou-se o efeito de duas classes de aditivos macrocíclicos anfifilicos sobre a cmc e sobre os parâmetros termodinâmicos de micelização (DmicH, DmicG e DmicS) do surfatante dodecilsulfato de sódio (SDS). O número de agregação micelar e o grau de ionização micelar, foram também determinados para verificar o efeito dos aditivos sobre a estrutura da micela. Os aditivos utilizados foram: ciclodextrinas (a-CD, b-CD e g-CD) e éteres-coroa (ECs) 15coroa5 (15C5) e benzo15coroa5 (B15C5). A escolha desses aditivos teve como objetivo interferir nas forças eletrostáticas e de van der Waals, responsáveis pela manutenção do agregado micelar. Os resultados obtidos mostram que a cmc do SDS diminui na presença dos ECs na seguinte ordem 15C5 < B15C5, e com as ciclodextrinas a cmc aumenta na seguinte ordem a-CD < b-CD < < g-CD. Os resultados sugerem que os complexos EC-Na interagem com a superfície das micelas reduzindo a repulsão eletrostática entre as cabeças polares das moléculas de surfatante. ECs e CDs afetam a estrutura das micelas de SDS, sendo que o número de agregação diminui na presença dos ECs e aumenta na presença das CDs. O grau de ionização micelar também mostra alterações na presença dos aditivos, indicando mudanças no potencial elétrico das micelas. O processo de micelização é exotérmico na faixa de temperatura de 5 - 25°C, sendo que o valor de DmicH é pequeno e não apresenta variação na presença dos aditivos. Na presença das CDs DmicS é menor do que na presença dos ECs, e diminui com o aumento da cavidade das ciclodextrinas. O processo de micelização é mais espontâneo na presença dos ECs do que na presença das CDs.
Abstract: In this work it was studied the effect of two classes of amphiphilic macrocyclic additives on the critical micelle concentration (cmc) of sodium dodecylsulfate (SDS) and on the thermodynamics parameters of micellization. The micellar aggregation number and the degree of micellar ionization were also determined to verify the effect of the additives on the micelle structure. The used additives were: cyclodextrins (CDs) (a-CD, b-CD e g-CD) and crown ethers (ECs), 15crown5 (15C5) and benzo15crown5 (B15C5). The choice of these additives had as objective to interfere on the eletrostatic and van der Waals forces responsable for the maintenance of the micellar aggregate. The obtained results shows that cmc of SDS decrease in the presence of ECs on the following order 15C5 < B15C5 and with CDs the cmc increase in lhe following order a-CD < b-CD < < g-CD. The results suggested that the complex EC-Na interacts with the micelle surface, reducing the eletrostatic repulsion between the polar head of the surfactants molecules. ECs and CDs affect the structure of SDS micelles being that the aggregation number decrease in the presence of ECs and increase in presence of CDs. The degree of micellar ionization also shows changes in the presence of the additives, indicating disturbance of the micelle electrical potencial. The micellization process is exothermic in the temperature range 5-25°C, being that the value of DmicH is small and do not shows variation in the presence of the additives. In the presence of CDs DmicS shows a smaller value compared with ECs, and decrease with the cyclodextrin cavity size. The micellization process is more spontaneous in the presence of ECs than in the presence of CDs.
Arquivo (Texto Completo): vtls000129077.pdf ( tamanho: 2,72 MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ