Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Pereira, Dárcio Gomes
Título: Antichagásicos 3-[4'-bromo-(1,1'-bifenil)-4-il]-3-(4-x-fenil)-N,N-dimetil-2-propen-1-amina: Aspectos Toxicológicos e Farmacológicos in vivo
Ano: 1999
Orientador: Prof. Dr. Nelson Eduardo Durán Caballero
Departamento: Química Orgânica
Palavras-chave: Doença de Chagas, Derivados N,N-dimetil-2-propen-1-amina, Toxicidade aguda
Resumo: Este trabalho descreve efeitos toxicológicos e farmacológicos de dois compostos antichagásicos, derivados de diarilpropenamina, em roedores. O derivado não-substituído de propenamina, 3-[4'-bromo-(1,1'-bifenil)-4-il]-3-(4-X-fenil)-N,N-dimetil-2-propen-1-amina (onde X=H), considerado o composto protótipo desta série, foi escolhido para estudos de toxicidade aguda, dose letal mediana (DL50), efeitos sobre o sistema nervoso central e metabolismo. Dose única deste composto provocou redução da atividade geral, piloereção, descoordenação motora e redução do tônus muscular, principalmente nas doses de 125 e 140 mg.kg; sua DL50 foi de 123 mg.kg. Efeitos depressores ou estimulantes detectáveis sobre o sistema nervoso central não foram observados nos testes de campo aberto e de tempo de sono induzido por pentobarbital sódico. Em adição, não se observou efeito anticonvulsivante no modelo de convulsão induzida por pentilenotetrazol. Estudos de metabolismo, realizados por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), revelam que a via fecal parece ser a principal via de excreção do derivado não-substituído. Em adição, nenhum metabólito ou forma conjugada foi detectado em ambas amostras de fezes ou urina. Os efeitos terapêuticos dos derivados bromo (onde X =Br) e não-substituído foram avaliados em camundongos infectados por T. cruzi (cepa Y). O primeiro composto produziu um forte efeito protetor contra a morte naturalmente causada pela infecção, combinado com significante redução parasitêmica. O segundo composto, por outro lado, não produziu efeitos satisfatórios, sob condições similares de tratamento.
Abstract: The present work describes the toxicological and pharmacological effects of two antichagasic compounds, diarylpropenamine derivatives, in rodents. The unsubstituted diarylpropenamine derivative, 3-[4'-bromo-(1,1'-biphenyl)- 4-iy]-3-(4-X-phenyl)-N,N-dimethyl-2-propen-1-amine (where X = H), considered the prototype compound of this series, was chosen in order to study acute toxicity , lethal median dose (LD50), effects on the central nervous system and metabolism. Single dose of this compound produced general activity decrease, motor decoordination and muscle tone decrease, especially at doses of 125 and 140 mg.kg, its LD50 was 123 mg.kg. Detectable depressor or stimulant effects on the central nervous system were not observed in the open field test as well in the pentobarbital-induced sleeping time; also, anticonvulsivant activity was not observed in the pentiletetrazole-induced seizure model. Metabolism studies, carried out by high-performance liquid chromatography, revealed that fecal via seems to be the major route of excretion for unsubstituted derivative. In addition, no metabolite or conjugated form was detected in feces or urine samples. The therapeutic effects of bromo (where X = Br) and unsubstituted derivatives were assessed in mice infected with T. cruzi (Y strain). The first compound displayed a strong protective effect against the naturally death caused by the infection, combined with a remarkable decrease in the parasitemic levels. The second one, on the other hand, did not produce satisfactory effects under similar treatment conditions.
Arquivo (Texto Completo): vtls000189635.pdf ( tamanho: 1,97MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ