Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Faez, Roselena
Título: Blendas de EPDM e Polianilina Preparadas por Mistura Mecânica: Obtenção de um Elastômero Condutor
Ano: 1999
Orientador: Prof. Dr. Marco-Aurelio De Paoli
Departamento: Química Inorganica
Palavras-chave: Polímero condutor, Reômetro haake, Processamento térmico
Resumo: Neste trabalho decreve-se um método para a obtenção de blendas de EPDM/PAni através de mistura mecânica. A PAni foi sintetizada quimicamente em escala pré-piloto foi dopada com os ácidos p-tolueno sulfônico (PAni- TSA) ou dodecilbenzeno sulfônico (PAni-DBSA) utilizando três métodos que são designados por via úmida, maceração em almofariz e processamento reativo. Os dois últimos métodos foram realizados apenas para PAni-DBSA. Estudou-se o efeito das condições de processamento nas propriedades mecânicas e condutoras para ambas blendas. Verificou-se que tanto a PAni- TSA quanto a PAni-DBSA agem como carga de reforço e condutora para o EPDM. Utilizou-se agente de reticulação (peróxido de dicumila) para EPDM/PAni-TSA, entretanto não foi possível utilizar este mesmo sistema de reticulação para blendas com PAni-DBSA. Sendo assim, preparou-se blendas sem peróxido e verificou-se através dos testes de intumescimento que o EPDM não se solubilizou totalmente, indicando uma parcial interação entre os componentes. Foram realizados também testes com outros dois sistemas de reticulação, resina fenólica e irradiação eletrônica. Ambos sistemas mostraram viabilidade de uso, porém materiais reticulados por irradiação eletrônica apresentaram maiores valores de condutividade. Inverteu-se as concentrações relativas dos componentes da misturas preparando-se blendas de PAni-DBSA contendo 10, 20 e 30 %(m/m) de EPDM. As blendas foram laminadas para obtenção de filmes condutores, flexíveis e auto-suportados. A condutividade variou de 10, 10 e 10 S cm para filmes contendo 10, 20 e 30 %(m/m) de EPDM, respectivamente. Foram testados também como eletrodos para capacitores e em dispositivos fotoeletroquímicos sugerindo novas propostas de trabalhos.
Abstract: In this work a methodology is described to prepare blends of EPDM and PAni by mechanical mixture. PAni was synthesized by chemical polymerization in a pilot-plant scale and doped with p-toluene sulfonic acid (PAni-TSA) or dodecybenzene sulfonic acid (PAni-DBSA). Different doping methods were used: solution, grinding in a mortar and reactive processing. The last two methods were used only for PAni-DBSA. The effect of the processing conditions on the mechanical and conductive properties was studied for both blends. PAni- TSA and PAni-DBSA act as reinforcing and conductive fillers for EPDM. A crosslinking agent (dicumyl peroxide) was used for EPDM/ PAni-TSA blends, however it was not possible to use the same system with PAni-DBSA. Swelling measurements with the blends showed that EPDM is partially soluble, showing partial interaction between the components. Other crosslinking agensts were also studied, such as: fenolic resin and electron beam irradiation. Both gave good results, however, the electron beam method produced higher electrical conductivity. It was inverted the relative concentrations of the blends components preparing mixtures of PAni-DBSA with 10, 20 and 30 %(w/w) of EPDM in an internal mixer (150 °C and 50 rpm). The blends were laminated into films showing good mechanical properties, self-support and with electrical conductivity of 10, 10 and 10 S cm for 10, 20 and 30 %(w/w) of EPDM, respectively. These fiIms were used as electrode for capacitors and photoelectrochemical devices.
Arquivo (Texto Completo): vtls000224346.pdf ( tamanho: 3,73MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ