Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Lira, Josefa Marileide Moura de Menezes
Título: Interação de Haletos de Antimônio (III) com Amidas em Solução de 1,2 - Dicloroetano
Ano: 1981
Orientador: Prof. Dr. Claudio Airoldi
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: --
Resumo: Foram feitas titulações calorimétricas, entre os haletos SbX3 (X = Cl, Br e I), com as amidas tetrametiluréia (TMU), N,N-dimetilacetamida (DMA) e N,N-dimetilformamida (DMF), em 1,2-dicloroetano a 298K. Esta técnica nos permite medir simultaneamente os valores das constantes de equilíbrio (K) e das variações de entalpia (DH). Através dos valores de DH1, foi possível encontrar-se uma ordem de acidez para os haletos, sendo SbCl3>SbBr3>SbI3 e de basicidade para as amidas do tipo TMU>DMA>DMF. Medidas de titulação condutométrica também foram realizadas, donde os seus resultados, juntamente com os valores de K1 e K2, encontrados colorimetricamente, permitiram sugerir a presença de espécies iônicas em solução, prevalecendo para o primeiro equilíbrio a formação de autocomplexo além de outras espécies, do tipo:
SbX3 + D SbDX3
2SbDX3
ISbD2X2I + ISbX4
e para o segundo, prevalece a formação de ionização com troca de ligante. Isto é possível através do deslocamento de um átomo de halogênio do haleto, por uma molécula do doador neutro, do tipo:
SbDX3 + D ISbD2X2I + X¨
Os haletos podem ser relacionados, através de sua facilidade em sofrer ionização na sequência:
SbI3
> SbBr3 > SbCl3
como também, as amidas podem ser relacionadas pelo seu poder em deslocar os halogênios na ordem:
DMA > TMU > DMF
Abstract: The SbX3 halides (X=Cl, Br and I) were titrated calorimetrically in 1,2-dicloroethane (298K) with the amides tetramethylurea (TMU), N,N-dimethylacetamide (DMA) and N,N-dimethylformamide (DMF). This technique permit us to simultaneously measure equilibrium constants (K) and enthalpy change (DH) of the given reaction. The DH, values give the following relative acidities for the halides; SbCl3>SbBr3>SbI3 and the following basicities for the amides, TMU>DMA>DMF. The results of conductometric titrations interpreted together with K1 and K2 values determined calorimetrically suggest the presence of various ionic species in solution; the following autocomplex formation prevailing in the first equilibrium:
SbX3 + D SbDX3
2SbDX3
ISbD2X2I + ISbX4
In the second equilibrium ionization prevails with ligand exchange. This is possible by a displacement of an halogen atom by a neutral molecule:
SbDX3 + D ISbD2X2I + X¨

The halides can be ordered bytheir ease of ionization:
SbI3
> SbBr3 > SbCl3
The amides can be orderedaccording to their power of halide exchange:
DMA > TMU > DMF
Arquivo (Texto Completo): vtls000052556.pdf ( tamanho: 3,63MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
2012-2014 BIQ