Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Antunes, Alexandre Martinez
Título: Estudo Físico-Químico do Transporte de Espécies Químicas Através de Membranas Líquidas Hidrofóbicas em Tempo Real
Ano: 2000
Orientador: Prof. Dr. Pedro Luiz Onófrio Volpe
Coorientadora: Profa. Dra. Márcia Miguel Castro Ferreira
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Vitamina B2 e C, Aminoácidos, Micelas reversas
Resumo: O processo de transporte de espécies químicas variadas -íons potássio, aminoácidos e vitaminas-através de membranas líquidas hidrofóbicas contendo carregadores foi estudado empregando o método BLM ("bulk liquid membrane"). Para o transporte do íon K foi usado como carregador o éter coroa 18C6, em séries de experimentos com membranas de CH2CI2, CHCl3 e CCl4, em alguns casos variando a temperatura e a concentração inicial dos compostos a serem transportados. Como contra-íon foram usados os íons orgânicos salicilato, benzoato, vários nitrofenolatos e séries homólogas de compostos bactericidas (do derivado metílico ao pentílico de parabens, 3-alcoxifenóis e 4-alcoxifenóis). Os resultados em geral puderam ser explicados pela equação de Born. Foram feitos também alguns experimentos com calorimetria para relacionar a redução da resposta biológica com as taxas de transporte. Para o estudo do transporte dos aminoácidos Fenilalanina, Triptofano e Tirosina, usando micelas reversas, foram usados o surfatante aniônico AOT (aerosol OT) em CH2Cl2 e CHCl3 e os surfatantes catiônicos TOMAC e DODAC em CHCI3. O pH das fases fonte e de recebimento do sistema BLM foi variado de acordo com o tipo de surfatante utilizado. Somente foi notada eficiência no transporte nos casos onde o AOT foi usado. Com membranas de CH2Cl2 e CHCl3 contendo como carregador o ácido fenilborônico foi estudado o transporte de ácido ascórbico, verificando a influência de concentração do carregador, concentração inicial de vitamina, temperatura, efeito da glutationa na fase de recebimento e tipo do solvente sobre a taxa de transferência através das membranas. Usando os mesmos solventes foi feito um estudo do transporte simultâneo de vitamina C e riboflavina (vitamina B2), variando a concentração do carregador entre zero e 8.10 mol.L. Foi notado aumento das taxas somente até a concentração de 4.10 mol.L para o carregador, em todos os casos. Não foi verificada competição entre as duas vitaminas no transporte. Também nesta etapa foram feitos experimentos com calorimetria, para auxiliar o entendimento dos mecanismos envolvidos neste processo. Em todos os casos a quantificação das espécies foi feita através de espectroscopia na região UV-Vis. Nos estudos de transporte simultâneo a superposição espectral impediu o uso de técnicas comuns de calibração. Foram empregados, então, os métodos quimiométricos OLS ("ordinary least squares"), PLS ("partial Ieast squares") e TLD ("trilinear decomposition"), além de terem sido feitos estudos usando planejamentos fatoriais de dois níveis.
Abstract: Transport processes of variated chemical species - potassium ions, amino acids and vitamins - through hidrophobic liquid membranes was studied using BLM (bulk liquid membrane) method. UV - Vis spectroscopy was used in all cases to quantify the tranported species. It was not possible to use univariate calibration in cases of simultaneous transport because their spectral overlap. Chemometric methods as OLS (ordinary least squares), PLS (partial least squares) and TLD (trilinear decomposition) were employed. In addition, two levels factorial design was performed. For the K ion was used as carrier the crown ether 18C6, in series of experiments with membranes of CH2Cl2, CHCl3 and CCl4, as function of temperature and initial concentration of compounds to be transported. Salicylate, benzoate, several kinds of nitrophenolates and homologous series of bactericides (parabens and acoxyphenols) were employed as contra-ions. In general, results could be explained by using the Born equation. Some calorimetric experiments were done to relate biological response with transport rates. Amino acids as Phenylalanine, Triptophane and Tyrosine were used to perform the transport by reversed micelles of AOT (an anionic surfactant) in CH2Cl2 and CHCl3, and two other reversed micelles of TOMAC and DODAC (cationic surfactants) in CHCl3. According to the nature of the used surfactant, pH was changed in receiving and source phases. Transport process was efficient only in cases where AOT was employed. Ascorbic acid transport was studied by using CH2Cl2 and CHCl3 membranes containing phenylboronic acid as carrier. Parameters like carrier concentration influence, vitamin initial concentration, temperature, glutathione effect in the receiving phase and solvent effect were used to investigate the transfer rates through liquid membranes. Simultaneous transport of ascorbic acid and riboflavin was studied using the same solvents and changing carrier concentration from zero to 8.10 mol.L. In all cases, an increasing of transport rates was observed only until carrier concentration of 4.10 mol.L. Competition between vitamins was not verified. Calorimetric experiments were performed in the system ascorbic acid-riboflavin, with the aim of elucidate the transport mechanisms involved.
Arquivo (Texto Completo): vtls000206232.pdf ( tamanho: 6,35MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ