Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Carula, Karoline
Título: Estudo do Recobrimento de Espumas de Combate a Incêndio sobre a Superfície de Líquidos Inflamáveis
Ano: 2000
Orientador: Prof. Dr. Edvaldo Sabadini
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Surfatantes perfluorados, Imagens digitais, Estabilidade de espuma
Resumo: Para extinguir o fogo em líquidos inflamáveis são utilizadas espumas que possuem alta estabilidade. Essas espumas são constituídas de tensoativos perfluorados, que são os responsáveis pela sua alta eficiência na extinção de incêndios. Neste projeto foi realizado um estudo sobre a velocidade de recobrimento destas espumas em função de alguns parâmetros como: natureza química e temperatura do líquido inflamável, concentração do agente espumante e presença de fogo. Foram escolhidos n-hexano, gasolina, óleo diesel e etanol como líquidos inflamáveis; utilizou-se líquidos geradores de espuma, LGE (formulação em solução aquosa contendo surfatantes perfluorados e hidrocarbonados) e FC-600F (constituído por LGE e solução polimérica). O sistema utilizado para efetuar esse estudo foi desenvolvido neste projeto, e é constituído de um dispositivo gerador de espuma e um reservatório aberto que contém o líquido inflamável. Os estudos sobre recobrimento da espuma sobre a superfície dos líquidos inflamáveis foram realizados a partir de imagens obtidas por uma câmera CCD. As imagens foram posteriormente digitalizadas e tratadas através de um programa gráfico. A velocidade de recobrimento foi determinada a partir da área recoberta pela espuma em cada instante. Os resultados obtidos mostraram-se reprodutíveis e permitiram avaliar a influência dos vários parâmetros sobre a velocidade de recobrimento da espuma. Observou-se que a velocidade de recobrimento da espuma nas condições estudadas é praticamente independente da temperatura e da natureza química do hidrocarboneto. No caso do recobrimento sobre etanol, a presença do polímero é fundamental na cobertura da superfície. Observou-se que a velocidade de recobrimento sobre a superfície de hidrocarbonetos é aproximadamente três vezes maior do que sobre superfície de etanol.Os ensaios realizados em campo de prova mostraram que a velocidade de recobrimento sobre a superfície de etanol em chamas é praticamente a mesma em relação à superfície sem combustão.
Abstract: An aqueous mixture of perfluorinated and hydrocarbon surfactants is used in fire fighting of B class material (flammable liquids). The foams generated from that solutions (called AFFF aqueous film-forming foam) produces a thin aqueous film with low surface tension, allowing an efficient extinguishment of the fire. Although there are several standard tests to verify the efficiency of the foam, such tests are usually based just on the time required to extinguish. In this work, a systematic study was carried out to verify the influence of some parameter like the chemical nature of the flammable liquid, (hexane, gasoline, diesel and ethanol), temperature and others, on the velocity of foam covering. The project involved the construction of an apparatus to produce a controlled foam that was released on the surface of flammable liquids. Images of the foam covering the surface were obtained using a CCD camera. The images were digitalized using a frame-grabber board, and the area covered by the foam in each time, was determined using graphic software. Hydrocarbon liquids showed a very small dependence of the velocity on the parameters. The covering velocity for the hydrocarbons surfaces is almost three times smaller than for ethanol. The influence of fire on the covering velocity was also studied through tests which were performed in the safety area of 3M-Sumaré-SP. These tests have been shown that there is a small influence of fire on the covering velocity .
Arquivo (Texto Completo): vtls000219829.pdf ( tamanho: 3,01MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ