Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Mello, Maricilda Palandi de
Título: Efeitos de Indol-3-Aldeído Eletronicamente Excitado Gerado por Método Fotoquímico e Bioenergizado sobre RNA de Transferência
Ano: 1982
Orientador: Prof. Dr. Nelson Eduardo Duran Caballero
Departamento: Química Orgânica
Palavras-chave: -
Resumo: A oxidação aeróbica catalisada por peroxidase da auxina, o ácido indol-3-acético, gera indol-3-aldeído em estado eletrônico excitado, provavelmente triplete (p,p*), com alto rendimento quântico. Esta espécie excitada é caracterizada usando aceptores emissivos apropriados. O indol-3-aldeído triplete é suprimido por oxigênio, com subsequente formação de oxigênio singlete que é responsável por parte da emissão fotônica observada a qual pode ser aniquilada por agentes adequados. O tRNA aumenta a emissão do sistema ácido indol-3-acético/peroxidase/O2 como resultado da transferência de energia do indol-3-aldeído triplete para um grupo 4-tiouridina no ácido nucleico. O indol-3-aldeído triplete se liga covalentemente ao tRNA com uma eficiência que pode atingir 20% do valor teórico, baseando-se na concentração de substrato. A reação, que ocorre com um grupo uridina, é do tipo Paterno-Büchi, formando um aduto oxetânico. Esta ligação observada tanto no método fotoquímico como no bioenergizado. Os íons Mg++ reduzem a ligação, mas aumentam a emissão sensibilizada pelo grupo 4-tiouridina. Estes resultados apoiam a hipótese de que a formação de indol-3-aldeído triplete possa representar o mecanismo pelo qual o ácido indol-3-acético expressa suas funções biológicas.
Abstract: The horseradish peroxidase catalysed aerobic oxidation of the auxin indole-3-acetic acid generates triplet (p,p*) indole -3-aldehyde in high yield. This excited species is identified using proper acceptors. The triplet indole-3-aldehyde is quenched by oxygen with formation of singlete oxygen, which is responsible for the observed photon emission and it can be trapped by suitable agents. tRNA dramatically enhances the emission of indole-3acetic acid/peroxidase/O2 system as a result of energy transfer from triplet indole-3-aldehyde to a 4-thiouridine group in the nucleic acid. Triplet indole-3-aldehyde also cavalently adds to tRNA with a efficiency which can reach 20% of the theoretical value based upon the substrate. A Paterno-Büchi, generating an oxetanic adduct. This binding is observed both by photochemical and bioenergized methods. Mg++ ions reduce the addition, but enhance the sensitized photon emission from 4-thiouridine gruup. These results support the hypothesis that triplet indole-3-aldehyde formation represents a possible mechanisln of the biological effects of indole-3-acetic acid.
Arquivo (Texto Completo): vtls000052964.pdf ( tamanho: 7,31MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ