Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Prado, Alexandre Gustavo Soares do
Título: Efeitos Provocados por Agroquímicos Livre ou Ancorados em Sílica Gel na Microbiota do Solo
Ano: 2001
Orientador: Prof. Dr. Claudio Airoldi
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: Pesticidas, Efeito tóxico, Biodegradação
Resumo: Os herbicidas 2,4-D, diuron e picloram foram imobilizados quimicamente na superfície da sílica gel formando os materiais SiD, SiDi e SiPi, respectivamente, e devidamente caracterizados. As quantidades imobilizadas dos pesticidas em sílica gel foram 1,03; 0,79 e 1,11 mmol g para o 2,4-D, diuron e picloram, respectivamente. Os herbicidas na forma livre e imobilizada foram aplicados ao Latossolo roxo e os efeitos causados à microbiota foram acompanhados por microcalorimetria. Os herbicidas diuron e picloram apresentaram efeitos tóxicos à atividade microbiana deste solo, retardando o metabolismo microbiano e inibindo-o de 96,4 % para a dose 333,33 mg g de diuron e 87,4% para 10,00 mg g de picloram, As mesmas doses destes pesticidas imobilizados causaram uma inibição de somente 39,5 e 54,6 %, respectivamente. O herbicida 2,4-D apresentou efeitos antagônicos sendo primeiramente biodegradado pelos microrganismos e posteriormente apresentando efeitos tóxicos à microflora. A sílica modificada com 2,4-D apresentou uma redução na taxa de biodegradação deste pesticida. As sílicas SiD e SiPi também foram aplicadas na remoção e separação de cátions de solventes. As quantidades máximas adsorvidas para os cátions divalentes Cu, Ni, Zn e Cd, foram 4,42; 3,25; 2,67; 1,35 x 10 mol g, respectivamente, para SiD e 9,27; 7,59; 5,12 e 1,54 x 10 mol g, respectivamente, para SiPi. Estas sílicas modificadas também apresentaram uma grande capacidade de separação destes cátions e de pré-concentração com um fator de concentração de 16 vezes. A sílica SiD também apresentou uma grande habilidade de adsorção e pré-concentração do pesticida 2,4-D. A proposta de imobilização de pesticidas na superfície da sílica gel mostrou-se uma nova linha de pesquisa para o desenvolvimento de pesticidas de menor toxicidade, podendo também ser aplicados como suporte para a remoção de contaminantes inorgânicos dispersos em solventes.
Abstract: The herbicides 2,4-D, diuron and picloram have been chemically immobilized onto silica gel surface producing new materiais named SiD, SiDi e SiPi, respectively. Immobilized amounts of the pesticides 2,4-D, diuron and picloram were 1.03; 0.79 and 1.11 mmol g, respectively. Free and immobilized herbicides have been applied in red Latossol soil and effects caused in soil microbiota was followed by microcalorimetry. The herbicides diuron and picloram affected toxically the soil microbial activity, delaying the metabolism and also presented a inhibition of 96,4 % to 333,33 mg g of diuron dose and 87,4 % to 10,00 mg g of picloram dose, while the same doses of these immobilized pesticides caused an inhibition of only 39,5 e 54,6 %, respectively. The herbicide 2,4-D presented adverse effects, firstly it was biodegraded and in sequence it presented toxic effects to soil microbiota. The silica modified with 2,4-D presented a reduction of tre biodegradation rate. The silicas modified with 2,4-D and picloram was applied in removing and in separating cations from solvents as well. The maximum adsorbed amounts for divalent cations Cu, Ni, Zn and Cd were 4.42; 3.25; 2.67 and 1.35 x 10-4 mol g-1 to SiD surface and 9,27; 7,59; 5,12 and 1,54 x 10 mol g to SiPi, respectively. These modified silicas also present a high ability to separate and preconcentrate these cations with concentration factor of 16 times. SiD surface presented a high adsorption and preconcentration capacity of the pesticide 2,4-D. The immobilization proposed of the pesticides onto silica gel surface showed a new research way to develop pesticides with lowest toxicity, and besides, these matrices can be applied to remove inorganic contaminants from solvents.
Arquivo (Texto Completo): vtls000232626.pdf ( tamanho: 2,82MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ