Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Ghiselli, Gislaine
Título: Remediação de Solos Contaminados com Pesticidas Organoclorados Utilizando Reagente de Fenton
Ano: 2001
Orientador: Prof. Dr. Wilson de Figueiredo Jardim
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Solos, Remediação de solos, Pesticidas organoclorados, Fenton
Resumo: Neste trabalho foi avaliada a eficiência do reagente de Fenton na remediação de solos contaminados com pesticidas organoclorados da classe dos Drins. O método empregado se baseia na oxidação química do contaminante, utilizando-se Processos Oxidativos Avançados. As atividades desenvolvidas foram divididas em quatro etapas: (1) Mapeamento da Contaminação; (2) Testes de Degradação em Batelada; (3) Testes de Degradação em Coluna de Solo e (4) Testes de Percolação em Coluna de Solo. O mapeamento da contaminação na área estudada, localizada em Paulínia-SP, foi feito a partir da coleta de amostras de solo em 13 pontos, entre 0 e 1 metro de profundidade. O solo amostrado apresentou-se bastante contaminado sendo que, para Aldrin por exemplo, atingiu valores entre 0,008 até 1468 mg/g de solo seco e, para Dieldrin valores entre 0,001 até 660,9 mg/g de solo seco. As mais altas concentrações de Drins ocorreram nas amostras com altos teores de carbono orgânico, indicando que a matéria orgânica é a principal responsável pelo aumento da capacidade de sorção destes compostos pelo solo. O uso do reagente de Fenton na remediação de solos contaminados com pesticidas organoclorados mostrou ser bastante eficiente. Para o teste de degradação em batelada utilizando excesso de H2O2 obteve-se uma média de degradação de 75% para um tratamento de 168 horas (7 dias). Para as colunas de solo obteve-se uma média de degradação de 61% e 85%, respectivamente para Aldrin e Endrin numa coluna de 10 cm e, 45% e 59% para a coluna de 50 cm "adensada-Fenton", que continha um solo bastante compactado e de baixa permeabilidade. O solo também continha o pesticida DDT e seus subprodutos DDE e DDD. A degradação destes compostos também foi estudada. De modo geral, Aldrin e Endrin foram os compostos que apresentaram a maior porcentagem de degradação gerando os compostos Dieldrin e Endrin Aldeído. O mesmo comportamento foi observado para o DDT, com um aumento na concentração do DDE que é preferencialmente gerado em condições altamente oxidantes.
Abstract: The efficiency of the Fenton's reagent was evaluated in the remediation of organochlorine pesticide contaminated soils with "Drins". The Fenton's reagent is one of the so-called Advanced Oxidation Processes. The remediation study followed the steps: (1) Mapping of the contaminated area; (2) Bath degradation tests; (3) Degradation tests in soil packed column and ( 4) Percolation tests in soil packed column. Mapping of the contaminated area, located in Paulínia-SP, was made by soil samples taken at 13 different places, between 0 and 1 m depth. These soil samples showed a high contamination level. Aldrin, for example, reached values between 0,008 up to 1468 mg/g dry soil, and Dieldrin reached values between 0,001 up to 660,9 mg/g dry soil. Highest levels of Drins occurred in samples with high level of organic carbon, indicating the organic matter is the major responsible by the sorption of these compounds by the soil. The employment of the Fenton's reagent in the remediation of organochlorine pesticide contaminated soils was very efficient. In relation to bath degradation tests using excess of H2O2, it was obtained around 75% of degradation in 168 hours (7 days). In relation to the soil packed column (10 cm depth), there were 61% and 85% of degradation of Aldrin and Endrin, respectively. In an adensed column (50 cm depth), with a low permeability and compacted soil, there were 45% and 59% of degradation of Aldrin and Endrin, respectively. DDT, DDE and DDD were also found in these samples. Aldrin and Endrin presented the highest degradation rates and produced Dieldrin and Endrin Aldehyde. DDT was also degraded with an increase in the concentration of DDE, which is mainly generated in highly oxidized conditions.
Arquivo (Texto Completo): vtls000239022.pdf ( tamanho: 4,16MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ