Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autor: Silva, Jamil da
Título: Metodologia de Monitoração de Efluentes de Laboratórios: Aplicação no Instituto de Química da Unicamp
Ano: 2005
Orientadora: Profa. Dra. Anne Hélène Fostier
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Monitoração de efluentes, Efluentes de laboratório
Resumo: O Instituto de Química (IQ) da Unicamp possui um total de 64 laboratórios de pesquisa, 7 laboratórios de ensino, uma Central Analítica e uma Planta Piloto. Sabe-se que os laboratórios de ensino de Química Analítica (QA) são os mais críticos em potencial tóxico dos resíduos gerados, devido, sobretudo, aos metais pesados. Quanto aos laboratórios de pesquisa de Química Orgânica (QO), 93% dos resíduos gerados constituem materiais passíveis de incineração ou reciclagem. O trabalho apresentado teve como objetivo geral estabelecer uma metodologia de monitoração para os efluentes de laboratório do IQ da Unicamp. Como objetivos específicos foram estabelecidos e comparados dois métodos de monitoração, um em contínuo (on-line) e um em batelada, para avaliar a qualidade dos efluentes de laboratórios de ensino e pesquisa - de química analítica e de química orgânica; estabeleceu-se uma metodologia de monitoração dos efluentes através da utilização de três parâmetros indicadores da qualidade do efluente: pH, ORP (do inglês oxidation reduction potential, potencial de óxi-redução) e condutância; foi realizado ainda um estudo sistemático para correlacionar os parâmetros medidos com os reagentes descartados na pia. A partir dos resultados obtidos, podem-se obter subsídios que enfatizem a importância de uma política de sensibilização quanto ao descarte de resíduos com elevado potencial tóxico na pia, o que ainda é comum em alguns laboratórios, como se observou, mesmo com a existência de galões para descarte dos resíduos.
Abstract: The Chemistry Institute of the State University from Campinas (Unicamp) possesses a total of 64 research laboratories, 7 teaching laboratories, an Analytical Center office and a Plant Pilot. It is known that the teaching laboratories of Analytical Chemistry are the most critical in generating toxic wastes, especially heavy metals. From the research laboratories of Organic Chemistry, 93 % of the generated residues constitute materials that may be general ted led incinerated or recycled. The present work had as general objective to establish a methodology of monitoring the effluents of the laboratories of the Chemistry Institute of Unicamp and as specific objectives to establish and compare two methods of monitoring, one in continuous (on-line) and one batch-wise, to evaluate the quality of effluents from the teaching and research laboratories of analytical and organic chemistry. A methodology of monitoring of the effluents through the use of three quality parameters of the effluent was established, using pH, redox potential (ORP) and conductance. A systematic study was carried out to correlate the parameters measured with reagents discarded in the sinks. From the results, information that was obtained emphasize the importance of sensitization of the problems that arise from discarding toxic residues in the sink, which still common in the some laboratories, as was observed, even through containers are present for discarding such residues.
Arquivo (Texto Completo): vtls000375002.pdf ( tamanho: 0,97MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ