Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Seabra, Amedea Barozzi
Título: Preparação, Caracterização e Aplicações de Biomateriais Liberadores de Óxido Nítrico
Ano: 2006
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Ganzarolli de Oliveira
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Óxido nítrico, S-nitrosotióis, Biomateriais
Resumo: O óxido nítrico (NO) está envolvido em vários processos fisiológicos como o controle do tônus vascular, a inibição da agregação plaquetária e da replicação de células musculares lisas, a resposta do sistema imune e a comunicação neuronal. Várias doenças têm sido associadas a disfunções da produção endógena de NO. Há assim, um grande interesse farmacêutico no desenvolvimento de drogas doadoras de NO e de matrizes que possam estabilizar e liberar estas drogas localmente em diferentes tecidos. Neste trabalho, dois S-nitrosotióis (RSNOs) doadores de NO, a S-nitrosoglutationa (GSNO) e a S-nitroso-N-acetilcisteina (SNAC), foram sintetizados e incorporados em matrizes poliméricas atóxicas, na forma de filmes sólidos de poli(álcool vinílico) (PVA) e poli(vinil pirrolidona) (PVP), líquidos viscosos de poli(etileno glicol) (PEG), e hidrogéis de copolímero em bloco de poli(óxido de etileno)-poli(óxido de propileno)-poli(óxido de etileno) (F-127). Além disso, sintetizou-se dois novos poliésteres polinitrosados capazes de liberar apenas NO localmente. Estes biomateriais foram caracterizados em relação às cinéticas de liberação de NO e de difusão de RSNOs para a fase aquosa, propriedades térmicas, mecânicas, morfológicas e ação vasodilatadora local na pele humana. A incorporação de RSNOs nas matrizes poliméricas utilizadas, levou a uma estabilização de suas decomposições térmicas e fotoquímicas, em relação às soluções aquosas. As aplicações tópicas do hidrogel de F-127 contendo RSNOs e do poliéster polinitrosado na pele humana, produziram vasodilatações locais que podem ser atribuídas à difusão transdérmica de RSNO e de NO livre, respectivamente. Estes resultados demonstram que estes biomateriais possuem potencial para aplicações tópicas, em doenças associadas com a deficiência da síntese endógena de NO.
Abstract: Nitric oxide (NO) is involved in several physiological processes, such as the control of vascular tone, the inhibition of platelet aggregation, smooth muscle cell replication, immune response and neuronal communication. Several pathologies have been associated to dysfunctions in the endogenous NO production. Thus, there is a great interest in the development of NO-releasing drugs and in matrices which are able to stabilize and release NO locally in different tissues. In this work two S-nitrosothiols (RSNOs) which are NO donors, S-nitrosoglutathione (GSNO) and S-nitroso-N-acetylcysteine (SNAC) were synthesized and incorporated into non-toxic polymeric matrices, in the form of solid poly(vinyl alcohol) (PVA) and poly(vinyl pyrrolidone) (PVP) films, viscous liquid of poly(ethylene glycol) (PEG), and hydrogels of poly(ethylene oxide)-poly(propylene oxide)-poly(ethylene oxide) (F-127). In addition, two new polynitrosated polyesters, capable of releasing only NO locally, were synthesized. These biomaterials were characterized regarding their kinetics of NO release and RSNOs diffusion to aqueous phase, thermal, mechanical and morphological properties and local vasodilation on human skin. The incorporation of RSNOs in the polymeric matrices used led to a stablization of their thermal and photochemical decompositions, compared to aqueous solutions. Topical applications of RSNOs-containing hydrogels and of polynitrosated polyesters on human skin led to local vasodilation which was assigned to the transdermal diffusion of RSNOs and free NO, respectively. These results show that these biomaterials have potential for topical applications in pathologies associated with deficiencies in endogenous NO production.
Arquivo (Texto Completo): vtls000383741.pdf ( tamanho: 4,54MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ