Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autor: Nery, Alessandro Ranulfo Lima
Título: Comparação Crítica de Livros Didáticos de Termodinâmica
Ano: 2007
Orientador: Prof. Dr. Adalberto Bono Maurizio Sacchi Bassi
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Entropia, Termodinâmica, Livro didático, Equilíbrio
Resumo: A termodinâmica clássica é utilizada, por muitos professores e autores, exclusivamente como um instrumento para a solução de problemas. Por isto, não costuma ser feita uma discussão aprofundada sobre seus conceitos, sobre suas equações matemáticas, ou sobre a limitação teórica da termodinâmica. Este trabalho é realizado dentro deste contexto. O intuito do trabalho é o de analisar e comparar livros didáticos de termodinâmica clássica, na definição dos conceitos e no tratamento matemático utilizado. Verificar se existe uma única termodinâmica clássica, ou se as idéias mais fundamentais apresentadas dependem fortemente do enfoque do autor, ou do que este quer mostrar. Foram escolhidos sete livros didáticos bem conhecidos (Atkins, Callen, Guggenheim, Levine, McQuarrie et al., Moran et al. e Sonntag et al.) e, além destes autores, outros também foram utilizados, mas de forma mais específica. Supondo-se que os autores mantenham coerência interna nos seus respectivos livros, eventuais incoerências entre os autores, em conceitos derivados dos alicerces da termodinâmica, seriam apenas necessárias conseqüências de incoerências mais fundamentais. Por isto, não se considera que restringir a comparação aos conceitos fundamentais implique numa perda de abrangência, em relação aos objetivos antes colocados. O trabalho está dividido em seis seções, cada uma delas subdividida em três partes: colocações feitas por cada um dos sete autores; comparação entre os autores; e eventual apresentação de conceitos preferidos por outros autores. Há, ainda, a conclusão, que contém uma discussão mais aprofundada sobre alguns tópicos específicos e a introdução.
Abstract: Classical thermodynamics is used, by many professors and authors, exclusively as an instrument for solving problems. Because of that, concepts, mathematical foundations and even thermodynamics limitations as a theorethical model aren’t often discussed. This piece develops within this context. The aim of this paper is to analyze and compare classical thermodynamics textbooks in regard to concepts presented and mathematical models applied. Also, to verify if there is a consensual classical thermodynamics or if the ideas presented vary among the authors. Seven well-known pieces were chosen (Atkins, Callen, Guggenheim, Levine, McQuarrie et al., Moran et al. e Sonntag et al.) and, on top of these textbooks, others were used specifically. Supposing the authors are coherent within their own writings, inconsistencies that might be found among the authors could be the consequence of divergencies regarding the basis of thermodynamics. Consequently, narrowing down the analysis exclusively to basic concepts is not considered superficial. The work is divided into six sections, each one with three parts: presentation of each author’s concept; comparison among the authors; and eventually, concepts adopted by other authors. There is also a conclusion covering an in-deep discussion of some topics presented, as well as the introduction of the paper.
Arquivo (Texto Completo): vtls000433001.pdf ( tamanho: 389KB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ