Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autor: Bonalume, Clauber
Título: Utilização de Técnicas Fotométricas para Estudo do Branqueamento e da Quantidade de Algas Simbiontes em Colônias Coralinas
Ano: 2006
Orientadora: Profa. Dra. Inés Joekes
Departamento: Físico-Química
Palavras-chave: Branqueamento, Corais, Zooxantela, Análise multivariada de imagens
Resumo: Corais marinhos do mundo inteiro estão ameaçados pelas alterações climáticas que vêm acontecendo nas duas últimas décadas. O aquecimento da superfície terrestre associado à intensificação do fenômeno El Niño têm causado prejuízos à saúde dos corais marinhos com intensidade, extensão e escala temporal sem precedentes. Quando expostos a situações de estresse ambiental, corais podem sofrer branqueamento, perdendo suas algas simbiontes, as zooxantelas, e morrer se não as recuperarem. Desta forma, métodos de avaliação da saúde dos corais tornam-se necessários. Dois métodos fotométricos foram desenvolvidos neste trabalho. No primeiro, utilizou-se a técnica de reflectância difusa para estudo do histórico de branqueamento de fatias de núcleos de esqueletos coralinos através da análise da cor do núcleo na direção do crescimento do coral. Esse método mostrou-se sensível à variação de cor ao longo da amostra e foi capaz de evidenciar o histórico conhecido de branqueamento de 2 entre 3 amostras analisadas. O método é promissor para o estudo de esqueletos, mas depende sensivelmente do tratamento prévio das amostras. No segundo, fotografaram-se amostras de Mussismilia híspida em seu ambiente natural na Laje de Santos. Foram colhidas amostras dos corais fotografados e foi determinada a densidade de zooxantelas em cada amostra. Utilizando o software MatLab e uma rotina específica de análise multivariada, estabeleceu-se uma correlação entre aspectos da imagem digital e a densidade de zooxantelas. A correlação obtida é boa, com erros menores que 35 % na estimativa da densidade de zooxantelas a partir das imagens digitais. O método é bastante promissor e tem a vantagem de ser não destrutivo.
Abstract: In the last two decades marine corals around the world have been threatened by weather global changes. Coral health is declining at unprecedented intensity, extension and temporal scale, by world surface heating associated with the strengthening of the El Niño Southern Oscillation. When exposed to environmental stresses coral can bleach, loosing their symbiotic algae, the zooxanthellae, and die if they are permanently lost. The development of methods capable to assess coral health is necessary. Two photometric methods were developed. In the first one, difuse reflectance spectrophotomety was used to analize the bleaching history of slices of coral skeletons by color analysis along the growing direction of the colony. The method showed apropriate sensibility for measuring color changes along the samples and was able to disclose the bleaching history in two of the three samples studied. However, results depend strongly on the previous treatment of the skeleton samples. In the second method, samples of Mussismilia híspida coral colonies were photographed in their natural habitat in the Laje de Santos marine conservation park. Small samples of the photographed coral were taken and the density of zooxanthellae in each sample was measured. Using the MatLab sofware and a specific algorithm for multivariated image analisys (MIA), a correlation between features of the images and the density of zooxanthellae was established. The correlation obtained is fairly good, with less than 35 % error in the estimation of zooxanthellae density from the digital images. The method is quite promissing and has the advantage of being nondestructive.
Arquivo (Texto Completo): 000400499.pdf ( tamanho: 1,23MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ