Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Paes, Lorena Cristine
Título: Determinação de Cobre, Manganês e Cádmio em Mel por Espectrometria de Absorção Atômica com Forno de Grafite
Ano: 2007
Orientadora: Profa. Dra. Solange Cadore
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Mel, GF-AAS, Tratamento da amostra
Resumo: Visando o desenvolvimento de um método analítico para uma matriz heterogênea de interesse comercial e ambiental e, também, a fim de acrescentar novas informações sobre o mel nacional, este trabalho avaliou diferentes estratégias de tratamento do mel, diferentes modificadores químicos e otimizou os parâmetros instrumentais para a determinação de cobre, manganês e cádmio, por Espectrometria de Absorção Atômica com Forno de Grafite. O tratamento do mel com banho de ultrasom foi o procedimento mais adequado para o preparo da amostra, quando comparado às mineralizações em forno de microondas e em placa de aquecimento, bem como à solubilização com hidróxido de tetrametilamônio, devido à simplicidade e rapidez. Foi necessário o uso de peróxido de hidrogênio como modificador químico para aumentar a eficiência da eliminação da matriz nas determinações dos analitos de interesse, além do uso de 10 µg de Mg(NO3)2 como modificador químico para determinação de Mn e de 5µg de NH4H2PO4 como modificador químico para determinação de Cd. Os métodos otimizados apresentaram precisão, sensibilidade e repetibilidade adequadas e foram obtidas recuperações entre 70 e 90 %, o que indica uma exatidão satisfatória. As quantidades dos analitos nos méis brasileiros de diferentes procedências variaram entre 0,020 e 0,17 µg g de Cu, entre 0,39 e 11,9 µg g de Mn e foram menores que 6 ng g no caso do Cd. Observou-se que as amostras analisadas não são contaminadas com Cd e as altas concentrações de Mn confirmam que o mel brasileiro pode ser considerado uma boa fonte nutritiva deste elemento.
Abstract: Different strategies for sample preparation, the optimization of instrumental parameters and the evaluation of different chemical modifiers for the determination of cadmium, copper and manganese in honey by graphite furnace atomic absorption spectrometry were developed. Honey is a heterogeneous matrix, which has great commercial and environmental importance. However, few studies concerning its mineral content have been carried out in Brazil. In this work the use of an ultra sonic bath was compared with digestion by microwave radiation or on a hot plate as well as solubilization with tetramethylammonium hydroxide. The best procedure for honey is that using ultrasound, considering its simplicity and speed of analysis. Hydrogen peroxide was used as chemical modifier together with 10 µg Mg(NO3)2 or 5 µg de NH4H2PO4 for the determination of Mn or copper, respectively. Satisfactory precision, sensitivity and accuracy as well as recoveries in the range of 70-90 % were obtained. Analyte concentrations in Brazilian honey, from different regions, varied between 0.020 to 0.17 µg g for Cu, and 0.3 to 11.9 for Mn. For Cd, values below 6 ng g were found. Brazilian honeys were not contaminated with Cd and may be considered a good source of manganese.
Arquivo (Texto Completo): 000413727.pdf ( tamanho: 378KB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ