Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Silva, Marcos Paulo da
Título: Determinação de Pesticidas Organofosforados Através de Método Enzimático
Ano: 2011
Orientador: Prof. Dr. Matthieu Tubino
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Pesticidas, Organofosforados, Enzima, Análise por FIA
Resumo: O Brasil é um dos maiores consumidores mundiais de pesticidas. A agência nacional de vigilância sanitária constatou em 2008 que aproximadamente 15 % da amostras analisadas possuíam limite máximo de resíduos (LMR) acima do permitido por lei. Quando os pesticidas são utilizados de maneira adequada trazem ganhos à produção. Porém, quando mal usados podem trazer sérias conseqüências ao meio ambiente e à população, o que tem levado a sociedade civil a cobrar dos órgãos ambientais um controle mais rigoroso e aumentado a demanda por dados analíticos. Neste trabalho, foi desenvolvido um método de varredura para a determinação de pesticidas organofosforados através de procedimento FIA associado a um biossensor enzimático baseado na enzima acetilcolinesterase. O método é seletivo para inibidores desta enzima, sendo de execução muito simples, é de custo baixo e apresenta baixos limites de detecção. Para a introdução no sistema FIA a solução contendo o pesticida deve ser aquosa, não sendo, no entanto, necessário realizar a pré-concentração do analito. Para o pesticida metil paration o limite de detecção está faixa de 10 mol L, o coeficiente de correlação é de 0,9917 e o desvio padrão relativo médio é de 4,8 % (n=6). Para o pesticida clorpirifos o limite de detecção é, cerca de, 10 mol L, o coeficiente de correlação é de 0,9979, o desvio padrão relativo médio é 2,3%. Para o pesticida malation o limite de detecção apresenta-se na faixa de 10 mol L, o coeficiente de correlação é de 0,9902, o desvio padrão relativo médio de 5,8 (n=3). Para o pesticida diclorvos o limite de detecção é cerca de 10 mol L, o coeficiente de correlação é de 0,9921 e o desvio padrão relativo médio é 3,8% (n=6).
Abstract: Brazil is one of the world's largest consumers of pesticides. The national agency for health monitoring found, in 2008, that approximately 15% of samples had maximum residue limit (MRL) above the permitted by Law. When used properly pesticides help increase production. But when misused they can be extremely detrimental to the environment and to the population, which has led civil society to demand tighter control from environmental agencies and increased the demand for analytical data. In this work, we developed a scanning method for the determination of organophosphorus pesticides using a FIA procedure associated with an enzymatic biosensor based on acetylcholinesterase. The method is selective for inhibitors of this enzyme and is extremely simple, of low cost and very good. detection limits. For introduction into the FIA system, the solution containing the pesticide should be in aqueous solution but it is not necessary to perform any prior concentration of the analyte. For the pesticide methyl parathion the detection limit is the range of 10 mol L. The correlation coefficient is 0.9917 and the average relative standard deviation is 4.8% (n = 6). For the pesticide chlorpyrifos the detection limit is about 10 mol L, the correlation coefficient is 0.9979 and the average relative standard deviation is 2.3%. For the pesticide malathion the detection limit is in the range of 10 mol L, the correlation coefficient is 0.9902 and the average relative standard deviation is 5.8 (n = 3). For the pesticide dichlorvos the detection limit was about 10 mol L, the correlation coefficient was 0.9921 and the average standard deviation of 3.8 (n = 6).
Arquivo (Texto Completo): 000797371.pdf (tamanho: 2,69 MB)

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ