Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Aguiar, Valeska Soares
Título: Desenvolvimento e Caracterização de Fases Estacionárias Monolíticas à Base de Octadecilmetacrilato para Uso em Eletrocromatografia Capilar
Ano: 2011
Orientadora: Profa. Dra. Carla Beatriz Grespan Bottoli
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Eletrocromatografia capilar, Fases estacionárias monolíticas, Octadecilmetacrilato
Resumo: A Eletrocromatografia Capilar (CEC) é uma técnica de separação que combina a seletividade cromatográfica da Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC) com a alta eficiência da Eletroforese Capilar (CE). A coluna capilar usada na separação é preenchida com uma fase estacionária, que pode ser do tipo particulada ou monolítica. Neste trabalho, monolitos poliméricos orgânicos foram preparados por polimerização in situ a partir dos monômeros octadecilmetacrilato (precursor e seletor hidrofóbico), etilenodimetacrilato (agente de entrecruzamento) e ácido 2-acriloilamido-2- metilpropanossulfóxido (monômero ionizável), além de diferentes tipos de solventes porogênicos, como álcool isoamílico, amílico, cicloexanol e 1,4- butanodiol, na presença e na ausência de água. Na primeira etapa do trabalho, variaram-se a natureza e a proporção entre os solventes porogênicos e, na segunda, o mesmo ocorreu com a proporção entre o conjunto de monômeros e de solventes porogênicos. As fases estacionárias foram caracterizadas por técnicas físicas como a microscopia eletrônica de varredura e a porosimetria; e as colunas moldadas com o material monolítico foram avaliadas pela técnica de CEC. As colunas apresentaram eficiência na faixa de 3000 a 50000 pratos m. A análise das isotermas de adsorção e dessorção de nitrogênio e das curvas de distribuição de poros permitiu afirmar que o material monolítico sintetizado é essencialmente micro e mesoporoso. Os macroporos para fluxo de fase móvel foram nitidamente observados em imagens de microscopia eletrônica de varredura. Assim, as fases monolíticas apresentaram três tipos de poros: micro, meso e macroporos. Na segunda parte do trabalho, avaliou-se a repetibilidade de preparo das fases monolíticas e notou-se grande falta de repetibilidade em termos de eficiência de separação. As fases monolíticas apresentaram alto caráter apolar e seletividade metilênica adequada para separação de analitos apolares e aromáticos, como alquilbenzenos, alquilparabenos e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos.
Abstract: Capillary Electrochromatography (CEC) is a separation technique that matches the chromatographic selectivity of High Performance Liquid Chromatography (HPLC) with the high efficiency of Capillary Electrophoresis (CE). The capillary column used in the separation is filled with a stationary phase, which can be particulate or monolithic. In this work, organic polymeric monoliths were prepared through in situ polymerization from the monomers octadecyl methacrylate (precursor and hydrophobic selector), ethylene dimethacrylate (cross-linking agent) and 2-acryloylamido-2-methylpropanesulfonic acid (ionizable component), using different types of porogenic solvents, such as isoamyl alcohol, amyl alcohol, cyclohexanol and 1,4-butanediol, in the presence or absence of water. In the first step, the nature and proportion between the porogenic solvents were varied and, in the second, the same occurred with the proportion between the set of monomers and porogenic solvents. The stationary phases were characterized by physical techniques such as scanning electron microscopy and porosimetry; and the columns prepared with the monolithic material were evaluated through the CEC technique. The columns presented efficiencies in the range of 3000 to 50000 plates m. Analysis of the nitrogen adsorption and desorption isotherms and the pore distribution curves enable affirming that the synthesized monolithic material is essentially micro- and mesoporous. The macropores for the flow of the mobile phase were clearly observed in images of scanning electron microscopy. So, the monolithic phases have three types of pores: micro-, meso- and macropores. In the second part of this work, the repeatability of synthesis of the monolithic phases was evaluated and a lack of repeatability related to separation efficiency was noted. The monolithic phases had high apolar character and adequate methylenic selectivity for separation of apolar and aromatic analytes, such as alkylbenzenes, alkylparabens and polycyclic aromatic hydrocarbons.
Arquivo (Texto Completo): 000841275.pdf ( tamanho: 7,67MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ