Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autor: Jannuzzi, Sergio Augusto Venturinelli
Título: Metalopolímero de Pentacianoferrato e Poli(4-Vinilpiridina): Síntese, Caracterização e Aplicação na Produção de Estruturas Automontadas
Ano: 2011
Orientador: Prof. Dr. André Luiz Barboza Formiga
Coorientador: Profa. Dra. Maria Isabel Felisberti
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: Metapolímero, Cianoferrato, Química supramolecular, Poli(4-vinilpiridina)
Resumo: O presente trabalho ocupa-se da síntese, caracterização e aplicação de um material híbrido orgânico-inorgânico em que o bloco orgânico é o polímero poli(4-vinilpiridina) e o bloco inorgânico é o pentacianoferrato(II) de sódio. A primeira parte trata da influência do polímero nas propriedades do complexo, e vice-versa. A segunda parte ilustra a aplicação do metalopolímero na produção de estruturas análogas ao azul da Prússia (AP) pela reação de Fe com as unidades pentacianoferrato. A banda de transferência de carga metal-ligante do pentacianoferrato do metalopolímero em solução desloca-se para energias menores na medida em que aumenta a fração de meros livres da cadeia polimérica, indicando que a fração do bloco orgânico modula a polaridade do ambiente químico do complexo. Por outro lado, a crescente quantidade de complexo ligado às cadeias poliméricas aumenta viscosidade das soluções de metalopolímeros, evidenciando que o pentacianoferrato expande o novelo macromolecular. Estruturas tipo azul da Prússia sintetizadas a partir do metalopolímero exibem elevada estabilidade coloidal quando comparadas aos compostos isentos de polímero e apresentam banda de intervalência em menores energias do que o frequentemente reportado para esse tipo de estrutura, provavelmente em virtude do envolvimento das partículas de AP pelo polímero.
Abstract: This work comprises the synthesis, characterization and application of a hybrid organic-inorganic metallopolymer, in which the organic block is the polymer poly(4-vinylpyridine) and the inorganic block is the complex sodium pentacyanoferrate(II). The first part presents the influence of the polymer on the properties of the complex and vice-versa. The second part illustrates an application of the metallopolymer on the production of Prussian blue (AP) analogs based on the reaction of Fe with the pentacyanoferrate moieties. The metal-to-ligand charge transfer band of the polymer-bound pentacyanoferrate in solution shifts towards lower energies whereas the free monomers fraction arises. It indicates that the organic block fraction tunes the polarity of the pentacyanoferrate chemical environment. On the other side, the increasing fraction of complex bound to the polymer chain increases the metallopolymer solution viscosities. This is an evidence that the pentacyanoferrate expands the macromolecular coil. Prussian blue-type structures synthesized from metallopolymers exhibit enhanced colloidal stability when compared to the polymer-free compounds. They also present intervalence bands at lower energies than those frequentlly reported for this type of inorganic structure. The reason is probably the polymer wrapping of the particles.
Arquivo (Texto Completo): 000868140.pdf ( tamanho: 33,9MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
2012-2014 BIQ