Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autor: Almeida, Ramon Kenned de Sousa
Título: Sílicas e Carbonos Mesoestruturados Organofuncionalizados e Aplicação à Liberação Controlada de Fármacos
Ano: 2012
Orientador: Prof. Dr. Claudio Airoldi
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: Sílicas mesoporosas, Carbonos, Fármacos-Liberação controlada
Resumo: As sílicas mesoporosas SBA-15 e SBA-16 sintetizadas através do método hidrotérmico com os copolímeros direcionadores de estrutura P123 e F127 foram organofuncionalizadas com agentes sililantes que contêm grupos funcionais, como nitrogênio, oxigênio e enxofre. As sílicas foram caracterizadas por análise elementar, espectroscopia na região do infravermelho, ressonância magnética nuclear de carbono e silício no estado sólido, termogravimetria, área superficial, espalhamento de raios X a baixo ângulo, microscopia eletrônicas de varredura e transmissão. As caracterizações comprovam a efetivação das sínteses das sílicas SBA-15 e SBA-16 com estruturas hexagonal e cúbica, respectivamente. As sílicas organofuncionalizadas, mostraram maiores graus de ancoramento obtido quando funcionalizadas com organossilanos contendo nitrogênio. Além das sílicas, foram sintetizados carbonos mesoporosos usando as sílicas como direcionadores rígidos de estrutura. Os mesmos foram funcionalizados com anidrido malêico e subsequentes reações com água e hidreto de alumínio e lítio resultando em grupos carboxílicos e na redução dos mesmos, respectivamente. A efetividade da funcionalização foi comprovada, sobretudo por espectroscopia na região do infravermelho, termogravimetria, ressonância magnética de carbono e espectroscopia de fotoelétrons de raios X. Ensaios de liberação dos fármacos ibuprofeno e genfibrozila foram realizados nas sílicas SBA-15 e SBA-16. Os resultados mostraram que ibuprofeno é liberado de SBA-15 de forma constante e controlada por 77 h. Além disso, os perfis de liberação de genfibrozila mostraram que 67 % do fármaco foram liberados de ambas as sílicas, porém o tempo de equilíbrio foi 70 h quando usada SBA-15 e de 24 h quando usada SBA-16. Além disso, verificou-se que os dados tem um bom ajuste quando aplicado a modelo apropriado e que os mecanismos de liberação são regidos pela influencia da difusão e pelo tempo de liberação.
Abstract: Mesoporous SBA-15 and SBA-16 silicas synthesized by hydrothermal method using P123 and F127 copolymers as structure directing agents were organofunctionalized with silylating agents containing functional groups, such as nitrogen, oxygen and sulfur. The silicas were characterized by elemental analysis, infrared spectroscopy, nuclear magnetic resonance of carbon and silicon nuclei in solid state, thermogravimetry, surface area, X-ray scattering at low angle, scanning electron microscopy and transmission. The characterizations demonstrated the effectiveness of the synthesis of SBA-15 and SBA-16 silicas with hexagonal and cubic structures, respectively. The organofunctionalized silicas showed that the obtained surface modification gave highest degrees of anchoring when functionalized with organosilanes containing nitrogen. Besides the silicas, were also synthesized mesopororous carbons using silicas as hard template, which were functionalized with maleic anhydride and subsequent reaction with water and lithium aluminum hydride, resulting in carboxylic groups due to the reduction process. The effectiveness of the functionalized was proven, mainly by infrared spectroscopy, thermogravimetry, 13C NMR and X-ray photoelectron. Assays with ibuprofen and gemfibrozil releasing were performed on SBA-15 and SBA-16 silicas and the results showed that the ibuprofen is released from SBA-15 in a constant and controlled form for 77 h. Furthermore, release profiles of gemfobrozil gave 67 % of the drug released from both silicas, however the equilibrium time were 70 h when used SBA-15 and 24 h for SBA-16. In addition, it was found that the data has good fitting when applied for appropriate model and the release mechanisms are governed by the influence of diffusion and release time.
Arquivo (Texto Completo): 000880173.pdf ( tamanho: 5,57MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ