Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
 
Autora: Belini, Tábita Cristina
Título: Síntese e Caracterização de Nanopartículas de Sílica Contendo Íons Cobre(II) para Aplicação Agroquímica
Ano: 2012
Orientador: Prof. Dr. Fernando Aparecido Sigoli
Coorientador: Prof. Dr. Italo Odone Mazali
Departamento: Química Inorgânica
Palavras-chave: Sílica, Nanopartículas, Cobre (II), Aplicação agroquímica
Resumo: Nanopartículas de sílica foram obtidas, via método sol-gel, a partir de silicato de sódio em pH alcalino. A reação de precipitação foi conduzida por 24 h, mediante aquecimento sob refluxo, obtendo-se assim um sol de sílica 1 % m/v, podendo ser concentrado a 3 % m/v mediante destilação. Amostras em fase sólida foram preparadas removendo-se a água da suspensão com o auxílio de um spray dryer. As partículas presentes nos sóis apresentam morfologia esferoidal, diâmetro médio de 15 nm e potencial zeta de -28 mV. Já as amostras secas em spray dryer foram caracterizadas como não-cristalinas, o potencial zeta variou para -33,5 mV sendo observado a possibilidade de aglomeração de partículas. A distribuição de tamanho de partículas mostrou-se bimodal, com a primeira população centrada em aproximadamente 15 nm e a segunda, em 100 nm. O processo de adsorção dos íons cobre(II) foi conduzido a partir da suspensão de nanopartículas de sílica 1 % m/v. Adicionou-se cloreto de cobre(II) à suspensão de modo a se obter as concentrações de 1 e 5 mol % de íons cobre(II) em relação à sílica. Esta suspensão final foi processada em spray dryer, obtendo-se amostras em fase sólida. Estas são não-cristalinas, apresentam morfologia esferoidal, potencial zeta de -43 mV para as amostras contendo 1 mol % de íons cobre(II), e -33,7 mV, para 5 mol % de íons cobre(II). A ação biológica das nanopartículas de sílica contendo íons cobre(II) teve foi testada com relação as bactérias Xanthomonas axonopodis e Ralstonia solanacearum e nos fungos Alternaria solani e Colletotrichum gloeosporioides, mostrando eficácia no controle destes quatro patógenos.
Abstract: Silica nanoparticles were obtained by sol-gel method from sodium silicate in alkaline medium. The precipitation reaction was conducted by heating the solution under reflux for 24 h, obtaining a silica sol 1 % w/v, that may be concentrated to 3 % w/v by distillation. Dried samples were obtained removing water in a spray-dryer equipment. The obtained nanoparticles are spheroidal, with an average size of 15 nm and zeta potential of -28 mV. The dried samples were characterized as noncrystalline, the zeta potential of re-dispersed have changed to -33,5 mV and its possible to observe some agglomerated particles after drying. The size distribution is bimodal, being the first population around 15 nm and the second one around 100 nm. The adsorption of copper(II) ions was conducted from 1 % w/v the silica sol. Copper(II) chloride was added silica nanoparticles suspension in order to achieve the concentrations of 1 and 5 mol % of copper(II) ions by silica mol. This final suspension was dried in spray-dryer to obtain solid samples. The latter are noncrystalline, spheroidal, with a zeta potential around -43 mV (samples with copper(II) 1 mol %) and -33,7 mV (samples with copper(II) 5 mol %). The biological activities of the silica nanoparticles containing copper(II) ions were tested against the bacterias, Xanthomonas axonopodis and Ralstonia solanacearum and the fungus, Alternaria solani and Colletotrichum gloeosporioides showing efficacy against these four targets.
Arquivo (Texto Completo): 000904224.pdf ( tamanho: 4,15MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ