Comissão
Estatuto
Histórico
Localização
Contato
BIQ
BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA
UNICAMP

 
TESE DE DOUTORADO
 
Autora: Silva, Carla Grazieli Azevedo da
Título: Desenvolvimento de Fases Estacionárias C18 Termicamente Imobilizadas sobre Sílica e Sílicas Metalizadas e suas Caracterizações Químicas, Físicas e Cromatográficas Utilizando a Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e a Cromatografia com Fluido Supercrítico (CFS)
Ano: 2013
Orientadora: Profa. Dra. Carol Hollingworth Collins
Departamento: Química Analítica
Palavras-chave: Cromatografia líquida de alta eficiência, Cromatografia com fluído supercrítico, Fases estacionárias reversas, Poli (metiloctadecilsiloxano), Suportes de sílica metalizada
Resumo: Este trabalho apresenta o desenvolvimento de fases estacionárias (FE) para cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa (CLAE-FR) e cromatografia com fluido supercrítico (CFS) a partir da imobilização térmica de poli(metiloctadecilsiloxano) (PMODS) sobre suportes de sílicas metalizadas com zircônio e titânio. O processo de imobilização térmica do PMODS foi otimizado aplicando-se planejamento composto central. O polímero, os suportes e as fases estacionárias foram caracterizados por testes físicoquímicos e cromatográficos. As fases estacionárias Si(PMODS), Si-Zr(PMODS) e Si-Ti(PMODS) apresentaram os melhores resultados quando foi aplicada a temperatura de 120 °C por 16 horas. As melhores FE foram submetidas ao processo de capeamento. Estas FE mostraram eficiências entre 82.000 e 90.000 pratos m e boas separações com picos simétricos para compostos apolares e picos com simetria adequada, segundo parâmetros estabelecidos pela Farmacopéia Americana (United States Pharmacopeia), para compostos polares, avaliados pelos testes de Engelhardt, Tanaka, Neue, SRM 870 e pelo modelo dos parâmetros de solvatação utilizando CFS. A presença do óxido metálico no suporte resultou em FE com maior estabilidade química em condições drásticas de fase móvel (pH 1,7 e pH 10 a 50 °C), quando comparada com fases similares baseadas em sílica nua. A reação de capeamento melhorou a estabilidade química das FE e diminuiu o número de silanóis residuais. As FE Si-Zr(PMODS), Si-Ti(PMODS), Si-Zr(PMODS)ec e Si- Ti(PMODS)ec apresentam potencialidade na separação de fármacos psicoativos, filtros ultravioleta (UV), xantinas e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), utilizando CLAE e CFS.
Abstract: This work presents the development of stationary phases (SP) for high performance liquid chromatography in the reversed phase (RP-HPLC) and for supercritical fluid chromatography (SFC) prepared by the sorption and thermal immobilization of poly(methyloctadecylsiloxane) (PMODS) onto silica and metalized silica supports modified with zirconium and titanium. The immobilization process was optimized using central composite design for determination of the best conditions of time and temperature. The polymer, supports and stationary phases were characterized with physico-chemical and chromatographic tests. The stationary phases Si(PMODS), Si-Zr(PMODS) and Si-Ti(PMODS) presented the best results when a temperature of 120 °C for 16 hours was applied. The best SP were submitted to endcapping processes. These SP showed efficiencies between 82,000 and 90,000 plates m and good separations with symmetric peaks for apolar and polar compounds evaluated by the Engelhardt, Tanaka, Neue and SRM 870 tests and the solvation parameter model using supercritical fluid chromatography (SFC). The presence of metallic oxide on the supports resulted in stationary phases with better chemical stability under drastic conditions of mobile phase (pH 1.7 and pH 10 at 50 °C), when compared to similar stationary phases based on bare silica. The endcapping reaction improved the chemical stability. The SP Si-Zr(PMODS), Si- Ti(PMODS), Si-Zr(PMODS)ec e Si-Ti(PMODS)ec presented potentialities for the separation different pharmaceutical compounds used as psychotropic drugs, ultraviolet (UV) filters, xanthines, and polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH), using separations in HPLC and SFC.
Arquivo (Texto Completo): 000904919.pdf ( tamanho: 4,28MB )

Instituto de Química / Caixa Postal n° 6154
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
13083 - 970, Campinas, SP, Brasil
e-mail: biq@iqm.unicamp.br
© 2012-2014 BIQ